quarta-feira, 23 de abril de 2008

A PAZ DE JESUS CRISTO

«Deixo-vos a paz; dou-vos a minha paz. Não é como a dá o mundo, que Eu vo-la dou. Não se perturbe o vosso coração nem se acobarde.» Jo 14, 27

Ontem falava no Grupo de Oração sobre esta Palavra de Jesus Cristo discernindo sobre a diferença da Paz de Deus e a paz do mundo.
A paz do mundo é normalmente entendida como a ausência de conflito, como o entendimento mais ou menos harmonioso entre as pessoas, entre as nações.
Só que muitas vezes para se obter essa paz acontecem injustiças, muitas vezes a paz é obtida por aceitação do mais fraco às razões do mais forte, a paz exterior aparece, mas interiormente a paz não existe, porque houve conflito e o mesmo não foi dirimido verdadeiramente ou não foi aceite e perdoado.
E isto tanto faz referirmo-nos às pessoas, como às nações, aos estados.
Claro que se existisse uma verdadeira paz, uma paz que viesse de dentro, que viesse do amor entre as pessoas, então essa paz transmitir-se-ia obviamente às relações entre os governos das nações, transmitir-se-ia à humanidade toda.
Mas essa paz pelo que percebemos, não é a paz que o mundo pode dar.
Essa paz, é a paz que Jesus nos dá, é a paz interior, que se reflecte no exterior.
É a paz daquele que confia porque crê no amor de Deus, porque crê que vivendo no amor e para o amor tudo é possível, tudo é ultrapassável, porque tem em vista um bem maior que é a salvação de cada um, que leva à salvação de todos. (1Tm 2,4)
É a paz daquele que coloca a sua esperança, a sua confiança, dando de si o melhor, nas Coisas do Alto, que são o tesouro incorruptível, e não nos bens terrenos, que provocam a intranquilidade, a inveja, o ciúme.
(Lc 12,33-34)
É a paz daquele que vive no amor e para o amor, dando e recebendo perdão, de modo que o seu coração não se deixa atribular por rancores, vinganças, mágoas e remorsos. (Mt 5,23-24)
É a paz daquele que vive a tribulação, a provação, na certeza de que Aquele que por ele se entregou na Cruz, aceita a comunhão na dor e a suaviza no Seu amor. (Cl 1,24)
É a paz daquele que não procura o fácil, nem o mágico, mas coloca ao serviço da vida que Deus lhe deu, a si e aos outros, todos os seus talentos, na certeza firme do seu coração, que essa vida é vida e vida em abundância. (Jo 10,10b)
É a paz daquele que vive na alegria que lhe vem do coração e não da gargalhada fácil e efémera. (Fl 4,4)
É a paz daquele que se sente amado pelo Seu Criador e que por isso mesmo apenas pode amar todos os seus irmãos e todas as outras criaturas. (Jo 15,12)
É a paz daquele que sabe no seu coração que na Casa do Pai há muitas moradas, e se alegra, não só porque tem morada, mas sobretudo porque todos os outros também a têm. (Jo 14,2)
É a paz daquele que crê, sabe e experimenta na sua vida diária a presença dAquele que tudo lhe deu, no Sacrifício total da Sua vida, e que Se continua a dar como Alimento Divino em todos os momentos e lugares deste mundo. (Mt 28,20)
É a paz daquele que dá inteiramente o seu coração ao Príncipe da Paz, para que Ele o dê aos outros, sabendo que lhe será retribuído abundantemente. (Lc 6,38)
É a paz daquele que se sabe coisa nenhuma, mas acredita que em Deus tudo pode. (Jo15,5)
É a paz daquele que não deixa o seu coração perturbar-se, ou acobardar-se, porque o amor vence todo o medo. (Jo 14,27c)
É a paz daquele que crê firmemente que Aquele que lhe dá a paz, venceu o mundo e o acolhe na alegria eterna da plenitude da vida. (Jo 16,33)
É a paz daquele que sabe que nunca conseguirá esgotar por palavras humanas o sentido da Paz de Deus.



1Tm 2,4 «que quer que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade.»
Lc 12,33-34 «Vendei os vossos bens e dai-os de esmola. Arranjai bolsas que não envelheçam, um tesouro inesgotável no Céu, onde o ladrão não chega e a traça não rói. Porque, onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.»
Mt 5,23-24 «Se fores, portanto, apresentar uma oferta sobre o altar e ali te recordares de que o teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa lá a tua oferta diante do altar, e vai primeiro reconciliar-te com o teu irmão; depois, volta para apresentar a tua oferta.»
Cl 1,24 «Agora, alegro-me nos sofrimentos que suporto por vós e completo na minha carne o que falta às tribulações de Cristo, pelo seu Corpo, que é a Igreja.»
Jo 10,10b «Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.»
Fl 4,4 «Alegrai-vos sempre no Senhor! De novo o digo: alegrai-vos!»
Jo 15,12 «É este o meu mandamento: que vos ameis uns aos outros como Eu vos amei.»
Jo 14,2 «Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fosse, como teria dito Eu que vos vou preparar um lugar?»
Mt 28,20 «E sabei que Eu estarei sempre convosco até ao fim dos tempos.»
Lc 6,38 «Dai e ser-vos-á dado: uma boa medida, cheia, recalcada, transbordante será lançada no vosso regaço. A medida que usardes com os outros será usada convosco.»
Jo 15,5 «Eu sou a videira; vós, os ramos. Quem permanece em mim e Eu nele, esse dá muito fruto, pois, sem mim, nada podeis fazer.»
Jo 14,27c «Não se perturbe o vosso coração nem se acobarde.»
Jo 16,33 «Anunciei-vos estas coisas para que, em mim, tenhais a paz. No mundo, tereis tribulações; mas, tende confiança: Eu já venci o mundo!»

12 comentários:

Fa menor disse...

As tuas palavras, Joaquim, são um bálsamo!

A paz de Jesus esteja sempre connosco!
Aquela que "É a paz daquele que se sente amado pelo Seu Criador e que por isso mesmo apenas pode amar todos os seus irmãos e todas as outras criaturas. (Jo 15,12)"

Cabral-Mendes disse...

Ai Joaquim, como a paz de Jesus é rejeitada e está longe do coração dos homens!...

Na vida profissional então é um inferno! Lamentável...

Maria João disse...

Pois... Acho que uma das coisas que leva as pessoas a afastarem-se de Deus Pai é não saberem ou não compreenderem esta paz de Cristo, tão diferente da que ouvimos na sociedade. A vida tem sofrimento, não podemos fugir. Mas, se tivermos a paz de Cristo, mais facilmente enfrentamos esse sofrimento. Com a paz desta sociedade (tudo de bom e mais nada) vivemos num mundo de ilusões.

beijos em Cristo e Maria

mafaoli disse...

Que a paz de Cristo esteja em nossos corações.
Abraços em Cristo Ressuscitado

joaquim disse...

Obrigado Fa amiga.

Que a Paz de Jesus esteja contigo.

Abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Caro amigo Cabral-Mendes sei bem ao que se refere...

Cada vez mais o "salva-te a ti mesmo, e não te preocupes com os outros", impera na nossa sociedade e até já nas familias.

Que a Paz do Senhor seja verdade nos nossos corações.

Abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Pois é Maria João, minha amiga.

Muitas vezes procura-se Deus apenas numa tentativa de resolvermos os nossos problemas, mas não deixamos que Ele preencha a toatalidade das nossas vidas e assim nunca poderemos viver a Paz que Ele nos quer dar, a verdadeira Paz.

Abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Olá amiga Mafaoli

Sim, mil vezes sim...que a Paz de Cristo, Prinicipe da Paz, esteja sempre em cada coração.

Abraço amigo em Cristo

Fa menor disse...

Apetece-me deixar aqui um cãntico :)

Não dá para deixar a música, mas digo-te que também é muito linda :D

"A Paz do Senhor esteja contigo
A Paz do Senhor contigo irmão,
a verdadeira Paz que o mundo não dará
a Paz do Senhor, meu irmão!"

joaquim disse...

Obrigado Fa, mas depois quero conhecer a música, está bem?

A Paz esteja contigo!

Abraço amigo em Cristo

Lore disse...

Joaquim, só Jesus e sua paz, pode preencher os nossos corações!!!
Deus abençôe você e sua Familia!
Um grande abraçoW

valdinei conceição disse...

A paz de Jesus Cristo.